sábado, 22 de maio de 2010

Meu Coração e Minha Língua




Meu coração e minha língua fizeram um trato: quando meu coração estiver enfurecido, minha língua guardará silêncio.

As palavras respondem aos sentimentos, e os sentimentos às idéias.

A uma língua que responderá palavras violentas; e um coração fechado em si, sucederão palavras e atitudes

que depreciam os demais.

Portanto cale-se quando seu coração não estiver sossegado e em calma; não diga.

Se em geral o coração não costuma ser bom conselheiro, menos o será quando não estiver em paz e não se sentir

senhor de si mesmo.

Cuidado com suas palavras, ao mesmo tempo em que ela abençoa ela pode destruir...

Eii amados... tudo o que não vem de Deus que caia por terra em sua vida!!!

Lembre-se colheremos o que plantamos!!!

Evangelize!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário